Technorati Profile
O demo me leve
quarta-feira, julho 05, 2006
  Um agasalho em tempos papais
Com motivo da visita do Papa-Inquisidor à península vou adicar um pouco mais de espaço neste blog (Que ninguem lê) a apostasia. Aquí tedes umha pequena entrevista a Israel Finkelstein director do Instituto de Arqueologia da Universidade de Tel Aviv. Que investigou sobre evidências arqueológicas dos feitos narrados no Pentateuco. Saiu no jornal "La Nacion" em janeiro deste ano. (Originalmente recolhido em Sindioses)

Luisa Corradini: Durante mais de vinte séculos os homens acreditarom em que Deus ditou as Escrituras a alguns sabios, profetas e grande sacerdotes israleis:

Israel Finkelstein: Assim foi. Para as autoridades religiosas, judias e cristiás Moisés era o autor do Pentateuco. Segundo o Deuteronômio o profeta escriviu-no pouco antes da sua morte, no monte Nebo. Os livros de Josué, Juízes e de Samuel eram arquivos sagrados, obtidos e conservados polo profeta Samuel no santuario de Silo, e os livros dos Reis vinham do cálamo fo profeta Jeremias. Assim David era o autor dos Salmos e Salomom dos Provérvios e do Cântico dos Cânticos

LC: Mais?

IF: Dende o século XVII, os expertos começarom a perguntar-se quem escrevera a Biblia. Moisés foi a primeira vitima dos avanços da investigaçom científica, que destapou moreas de contradiçons: Como é possível, perguntarom os especialistas, que escrevera o Pentateuco quando o Deuteronômio, o último desses cinco livros, descreve o momento e as circunstâncias da sua morte?

LC: Você afirma que o Pentateuco o escriverom numha época mais recente.

IF: A arqueologia moderna permite-nos asegurar que o núcleo histórico do Pentateuco e da historia deuteronómica forom compostos o século VII antes de Cristo. O Pentateuco foi umha criaçom da monarquia tardia do reino de Judá destinada a espareger a propaganda ideológica e as necessidades do reino. Penso que a historia deuteronómica foi coligida, durante o reino de Josias, para servir de fundamento ideológico às aspiraçons políticas e reformas religiosas concretas.

LC: Segundo a Biblia primeiro foi a viagem do patriarca Abraam de Mesopotâmia a Canaam. O relato bíblico é pródigo em informaçons cronológicas precisas.

IF: Verdade. A Biblia contem umha quantidade de informaçom que deveriam avondar para saber quando viverom os patriarcas. Nesse relato a história dos começos de Israel desenvolve-se em sequências mui ordenadas: Os Patriarcas, O Éxodo, a travessia do deserto, a conquista de Canaam, o reino dos Juízes, a monarquia... . Fazendo números Abraam teria que ter partido cara Canaam uns 2100 anos antes de Cristo.

LC: E nom é?

IF: Nom. Em dous séculos de investigaçom científica nom acharom nem umha evidência da existência dos patriarcas. A suposta migraçom de tribos da Mesopotâmia cara Canaam revelou-se ilusoria. A arqueologia moderna provou que na época nom houvo nem umha migraçom massiva na zona. O texto bíblico da indícidos que permitem precisar o momento da composiçom final do livro dos Patriarcas. Por ejemplo, a história dos Patriarcas esta chea de camelos. Mais a arqueologia revelou que o dromedário nom foi domesticado até o final do segundo milenio antes da era cristiana, e começou a ser empregado como besta de carrego em Médio Oriente até muito depois do ano 1000 A.C. Na historia de Josué falase dumha qafila que transportava "Borracha, tragacanto, bálsamo e láudano". Essa inscripçom corresponde ao comércio feito polos mercaderes árabes sob o Imperio Asírio nos séculos VIII e VII. Outro feito anacrónico é a primeira apariçom dos Filisteus no lelato, quando Isaac atopa a Abimelech, rei dos filisteus. Esses filisteus -grupo migratorio do Mar Egeo ou de Asia Menor- establecerom-se no planalto litoral do Canaam a partires do 1200 A.C. Esses e outros detalhes provam que os textos forom escritos entre os séculos VIII e VII A.C.

LC: O heroísmo de Moisés contra o Faraó, as dez pragas de Egipto, e o êxodo dos israelitas cara Canaam som alguns dos episódios mais dramáticos da Biblia. Também som lendas?

IF: Segundo a Biblia, os descendentes do Patriarca Jacob ficarom 430 anos em Egipto antes de começar o seu êxodo cara a Terra Prometida, guiados por Moisés, a meiados do século XV a.C. Outra possivilidade é que essa viagem sucedera dous séculos depois. Os textos sagrados dim que 600.000 hebreus passarom o Mar Vermelho e vaguearom durante 40 anos polo desertos antes de chegar ao monte Sinaí, onde Moisés selou a avinça do seu povo com o seu deus. Porém os arquivos egipcios que registram todos os acontecimentos do reino faraónico, nom conservam nem um traço dumha presença judaica de mais de quatro séculos. Tampouco exisitam, em essas datas, muitos dos sitios citados no relato. as cidades de Pitom e Ramsés, que disque forom construidas polos hebreus, nom existiam no século XV a.C. A lenda do Êxodo nom resiste a analise científica.

LC: Como é isso?

IF: Porque, dende o século XVI a.C, Egipto construira no territorio citado pola biblia umha chea de empraçamentos militares, muito organizados e equipados, que espreitavam os passos das zonas da fronteira e da costa. Nom escapava rem ao seu contro, dende o litoral oriental do Nilo até Canaam. Perto de dous milhons de israelitas fugindo polo deserto durante 40 anos por força chamariam um pouco a atençom. Porém, nem umha estela da época fai referência a essa gente. Tampouco recolhem as grandes batalhas mencionadas nos textos sagrados. A fachendosa Jerico, cojos muros derruvarom as trompetas dos hebreus, era por aquelas umha pobre aldeia. Tampouco existiam muitros outros sitios notáveis, como Bersheba ou Edom. Nom havia nem um rei em Edom para luitar contra os israelitas. Esses sitios existirom, pero umha chea de tempo depois da criaçom do reino de Judá. Sequer há traças dessa gente depois de 40 anos de peregrinaçom. Coa tecnicas actuais somos quem de topar rastros de minusculas vilas de 40 ou 50 pessoas. Ou essa gente nom parou nunca a comer e durmir em 40 anos ou numca passarom polo deserto.

LC: Pero entom, se esses primeiros israelitas eram de Canaam, Como identifica-los?

IF: Os povos disponhem de muitos jeitos de afirmares a sua etnicidade: a lingua, a religiom, a forma de vester, os ritos funerarios, os tabus alimentarios. Nesta investigaçom nom há um sinal revelador e claro nesses campos. Há, isso sim, um detalhe mui interesante sobre as costumes alimentarias: em nem um povo israelita forom exumados ossos de porco. Nessa época os proto-israelítas eram o único povo que nom comia porco.

LC: No século X a.C as tribos de Israel agregárom-se numha monarquia unificada - o reino de Judá- baixo o aegis do rei David. David e o seu filho, Salomom, forom um modelo para as monarquias de Occidente. Tampouco eles eram o que sempre creimos?

IF: Neste caso tampouco a arqueologia foi quem de atopar provas do imperio do que fala a Biblia, nem nos arquivos egipcios, nem no subsolo palestiniano. David, herdeiro do primeiro rei, Saúl, probávelmente existiu entre o 1010 e o 970 a.C. Umha única estila atopada no santuario de Tel Dan, no norte de Palestina, fala "Da casa de David". Mais nada prova de fora o conquistador do que fala as Escrituras, quem de derrotar a Goliat. É incerto que David fora quem empreder conquistas militares a mais dum dia de caminhada dende Judá. A Jerusalem daquelas, escolhida polo monarca como capital, erá umha vila pequena, arrodeada de aldeias pouco habitadas. U-la gente para recrutar os soldados? U-la riqueza para arma-los? Como ocnservaria um imperio desde o Mar Vermelho até Siria? Salomom, edificador do Templo e do paó de Samaria, provávelmemte Salomón edificador do Templo e do paço de Samaria é o único pessoagem glorioso mais ou menos real na Biblia.


LC: E de onde sairom as fabulosas cortes para 400.000 cabalos, cujos restros si forom atopados?

IF: Eram criadeiros instalados no Sul polo reino de Israel, varios dezenios mais tarde. Depois da morte de Salomom, contra o 933 a.C., as tribos do norte de Palestina separarom-se do reino de Judá e criarom o Reino de Israel. Este reino, em contra do que diz a Biblia, desenvolveuse e medrou económica e políticamente.Os textos sagrados falam de tribos do Norte apoucadas, pecanhentas e idólatras. Porém, a arqueologia da-nos bos argumentos para crer que o Reino de Judá foi sempre a mais pobre, com menos povoaçom, rustica e com menos poder político. So quando o Reino de Israel caeo perante o Imperio Asírio, que deportou a Babilonia aos israelitas e instalou aos seus colonos nas fertiles terras conquistadas, acadou Judá umha prosperidade relativa.

LC: Foi entom durante o Reino de Josias em Judá quando criarom a ideia desse texto que se transformaria no piar da nossa civilizaçom e origem do monoteismo?

IF: Cara o fim do século VII a.C xurdiu em Judá um coalho espiritual único ligado a umha agitaçom política mui forte. Umha "comisom" heterogénea de funcionarios da corte seria a responsável de criar umha saga épica construida sobre a colecçom de relatos históricos, lendas, contos, pedicçons e poemas antigos. Essa obra mestra da literatura -metade composiçom original, metade adaptaçom de versons anteriores- sufriu milheiros de ajustes e modificaçons antes de server de fundamento espiritual aos filhos do povo de Judá e a inumeráveis comunidades em todo o mundo.
 
Comments: Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home
"Si eu fixen tal mundo, que o demo me leve" Era o que dicía o deus de Curros Enriquez em "Mirand'o Chau". E pouco mais se pode dizer sobre o que acontece no mundo...

A minha fotografia
Nome:
Localização: Santiago de Compostela, Galiza









Image Hosted by ImageShack.us Apoiamos a Isaac Díaz Pardo


Image Hosted by ImageShack.us Get legal. Get OpenOffice.org

Arquivos
Agosto 2005 / Setembro 2005 / Outubro 2005 / Novembro 2005 / Dezembro 2005 / Janeiro 2006 / Fevereiro 2006 / Março 2006 / Abril 2006 / Maio 2006 / Junho 2006 / Julho 2006 / Agosto 2006 /


Chuza news

As minhas chuzadas

Arte e desenho
Qui n'a pas appris à dire « elle et aucune autre » sait-il ce que c'est que l'amour ?Vincent van Gogh
  • Gatonegro
  • devianART
  • Aduaneiros sem fronteiras

  • Lingua, política e informaçom
    "O verdadeiro heroísmo consiste em trocar os anceios en realidades, as ideias em feito"-Castelao
  • VA-CA
  • AGAL
  • Arredemo!
  • Chuza!
  • Vieiros
  • Ediciós A RotondaEditora galega de livre distribuçom
  • Galicia Encantada

  • Ciência, Tecnologia e Sofware Ceive
    "The most exciting phrase to hear in science, the one that heralds new discoveries, is not 'Eureka!', but 'That's funny …"Isaac Asimov
  • Science A revista com maior contido em
  • SETI@home Um jeito de colaborares coa ciência dende casa
  • O GLUG Asociación de Usuarios de Linux de Galiza
  • Creative CommonsUm piar do "copi-ceive"
  • GNU Project O pai de tudo isto...

  • Ateismo, apostasia, sociedade laica e escepticismo
    "Je n'ai pas eu besoin de cette hypothèse" Pierre-Simon Laplace
  • James Randi Educational fundation
  • Sin Dioses
  • Concordato
  • Diario Ateista
  • Círculo Esceptico

  • Jogos de rol e em rede
  • Biblioteca de Cartago
  • O Tempo do CometaO projecto do amigo Gatonegro
  • As Crónicas de Gaidil Um futuro jogo galego. ogalha!
  • Ogame
  • Bite Fight

  • Blogues varios
  • Blogaliza Galego na rede!
  • Abril e revolução
  • Aranheira
  • A Regueifa
  • As tuas balas
  • A picara de Allegue
  • Cabaseria web
  • Carolate's Playground
  • Beliscos pequenos
  • Bretemas
  • Boedense
  • Carolate's Playground
  • Cinema Friki
  • decatroacatro
  • Dor na retina
  • Emerecindo
  • Estrela negra
  • Eueoseeuu
  • Facendome o sueco
  • Galego de seu
  • Intifada Gaiteira
  • Madeleine no espello
  • Nemeth
  • Lucensismo e outros males
  • Post Scriptum
  • Renas e veados
  • Sabela
  • Noite Subsahariana
  • Weblog Commenting and Trackback by HaloScan.com

    www.flickr.com
    Tawil Al Umr's photos More of Tawil Al Umr's photos
    Que disfarce levarias ao cristo que imos montar para a Apostasia?
    Cavaleiro de Santiago, e mestre taberneiro
    Monja/Monge que descobreu a vida pecadora
    Supernumerario superposto...
    Peregrino religioso/cultural
    Outro!

    Ver resultados
    Ver comentarios
    Sondeos ??.com
    Image Hosted by ImageShack.us free hit counter javascript
    As minhas estatísticas...

    Neko


    Powered by Blogger
    Creative Commons License
    Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.
    Assinar com Bloglines